Taking too long? Close loading screen.
Carregando...

Ministério do Esporte, COB, CPB e CBC assinam acordo para melhor uso das instalações esportivas do Parque Olímpico

Três acordos de cooperação para estudar a melhor utilização das instalações esportivas do Parque Olímpico da Barra foram assinados neste domingo (05,02) entre o Ministério do Esporte e o Comitê Olímpico do Brasil (COB); entre o ministério e o Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB); e entre o ministério e o Comitê Brasileiro de Clubes, a Nova CBC. A cerimônia ocorreu durante o ”Gigantes da praia”, evento que marcou a reabertura do Parque Olímpico da Barra, agora no modo legado.

Ministro Leonardo Picciani assina acordo de cooperação com COB, CPB e CBC para estudar melhor utilização do Parque Olímpico. Foto: Francisco Medeiros/ME

Ministro Leonardo Picciani assina acordo de cooperação com COB, CPB e CBC para estudar melhor utilização do Parque Olímpico. Foto: Francisco Medeiros/ME

Para o ministro do Esporte, Leonardo Picciani, os acordos são um pilar para o funcionamento do Parque Olímpico com sucesso. “Esse acordo com o Comitê Olímpico, Comitê Paralímpico e Comitê Brasileiro de Clubes é fundamental para a construção desse calendário. São essas entidades as responsáveis pela preparação das equipes brasileiras para os ciclos olímpicos e pela formação de atletas junto com as confederações esportivas”, disse.

Sobre o acordo, o presidente de COB, Carlos Arthur Nuzman, ressaltou as estreitas relações entre a pasta e o comitê. “Esse é um legado dos Jogos Olímpicos, que estamos vivenciando e que o ministério hoje administra, e que estaremos juntos em várias ações que vão ajudar no desenvolvimento do esporte e também das próprias instalações esportivas”, completou.

“Confederações e comitês são parceiros importantes para o desenvolvimento do esporte. O Comitê Brasileiro de Clubes foi um dos primeiros a chegar junto e entender que dessa maneira o esporte brasileiro volta a ser o que era. Era disso que estávamos precisando, de um ministro que entendesse a importância desses legados para o Brasil. Foi um gol de placa neste momento”, afirmou o vice-presidente do CBC, Paulo Maciel, ao falar a respeito da assinatura.

Cooperação dos comitês

Os três documentos visam elaborar estudo voltado a adequação e melhor utilização das instalações esportivas do Parque Olímpico, para fomentar o desenvolvimento do esporte de alto rendimento e do esporte educacional naquelas instalações, de modo a integrá-las à Rede Nacional de Treinamento. A rede – da qual as instalações olímpicas do parque já fazem parte – promove o desenvolvimento local e regional de talentos e novos atletas, em coordenação com o COB e CPB, além de centros regionais e locais.

Já o CBC tem como objetivo social o incentivo, a promoção, o planejamento e o aprimoramento das atividades de formação de atletas olímpicos e paralímpicos dentro do Sistema Nacional do Desporto.

A finalidade do plano de trabalho é propiciar às entidades que integram o Sistema Nacional do Desporto estruturas esportivas adequadas à realização de competições, treinamentos e intercâmbios, nacionais e internacionais.

Assinaram o acordo o ministro Leonardo Picciani; o presidente do COB, Carlos Arthur Nuzman; o presidente do CPB, Andrew Parsons; e o vice-presidente do CBC, Paulo Maciel. Várias autoridades e personalidades ligadas ao esporte estiveram presentes, entre elas o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella; o secretário executivo do Ministério do Esporte, Fernando Avelino; o secretário nacional de Esporte de Alto Rendimento, Luiz Lima; os campeões olímpicos Giovane Gávio e Emanuel; Robson Gracie e o lutador Minotauro.

Cooperação dos comitês

Campeões olímpicos Alison e Bruno recebem das mãos do secretário Luiz Lima placa de homenagem. Foto: Francisco Medeiros/ME

Campeões olímpicos Alison e Bruno recebem das mãos do secretário Luiz Lima placa de homenagem. Foto: Francisco Medeiros/ME

No Centro Olímpico de Tênis, os norte-americanos Phil Dalhausser e Nick Lucena levaram a melhor sobre os campeões olímpicos Alison e Bruno Schmidt, batendo a dupla brasileira por 2 sets a 0, parciais 21/17 e 21/18, no “Gigantes da Praia”, partida de vôlei de praia que marcou a reabertura do Parque Olímpico da Barra.

Na partida preliminar, Ágatha e Duda – dupla formada este ano – venceram Ana Patrícia e Rebecca por 2 sets 0, parciais 21/17 e 21/19.

De acordo com Picciani, o evento foi fundamental para o trabalho da pasta. “Há apenas um mês que o ministério foi investido na gestão do Parque Olímpico e já estamos conseguindo fazer desse primeiro evento, em parceria com a CBV (Confederação Brasileira de Vôlei), um evento extraordinário. Isso demonstra claramente que é muito possível que a gente consiga construir um calendário de sucesso, um calendário intenso de competições, de treinamentos, de inclusão social, com participação de jovens atletas aqui nos equipamentos do parque, que é o topo da nossa Rede Nacional de Treinamento”, apontou o ministro.

Para o desafio, a estrutura e o planejamento foram parte fundamental da organização do evento. Toda a operação que colocou areia na quadra de tênis foi feita sem dano ao local. Uma lona impermeável foi responsável por proteger o piso, que recebeu 280 toneladas de areia, o que evitou contato direto. A realização do “Gigantes da Praia” é uma parceria entre Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), Ministério do Esporte, prefeitura do Rio de Janeiro e Rede Globo.


Ágatha e Duda venceram Ana Patrícia e Rebecca por 2 sets 0. Foto: Francisco Medeiros/ME

Ágatha e Duda venceram Ana Patrícia e Rebecca por 2 sets 0. Foto: Francisco Medeiros/ME


Calendário do Parque

Sobre calendários e próximas competições a serem sediadas no Parque, o ministro adiantou que haverá no velódromo, no mês de maio, o Campeonato Estadual de Ciclismo de Pista do Rio de Janeiro. “Possivelmente teremos futsal, vôlei de quadra, na arena do tênis, e outros esportes de areia, como beach soccer, beach tennis, beach rugby, além do vôlei de praia. No segundo semestre o calendário do tênis também será realizado aqui. Teremos muitos eventos durante este ano aqui no Parque Oímpico”, sinalizou Leonardo Picciani.

FONTE: Emília Andrade, do Rio de Janeiro
Ascom – Ministério do Esporte

Send this to a friend